Como destinar parte do Imposto de Renda para obras sociais?

2311-lion

Estamos nos aproximando do final do ano. São os últimos dias para que empresas e pessoas físicas se planejem para o Imposto de Renda que será declarado no ano que vem, referente ao ano de 2016.

É possível apoiar obras sociais que contribuem para a parcela menos favorecida da população por meio de doações aos Fundos da Infância e Adolescência ou do Idoso. Além de ser simples, a destinação dos recursos pode não custar nada a mais para quem faz a contribuição desta forma, pois o contribuinte poderá deduzir o valor doado (ou parte dele) na declaração do Imposto de Renda.

Essa destinação pode ser feita até o final de dezembro. Neste ano, por ser feriado bancário no dia 30, a doação precisa ser feita até dia 29/12, para poder ser declarada no ano que vem.

Apoie os projetos da comunidade que tanto bem fazem às nossas crianças e idosos.

Entenda:

Por que não destinar uma parte do imposto de renda que você ou sua empresa tem a pagar em benefício da sua própria comunidade?
Nunca é demais lembrar que empresas que atuam sob o regime de tributação de Lucro Real, com imposto a pagar, podem destinar até 1% do imposto devido ao Fundo Municipal para a Criança a o Adolescente (FMCA) ou para o Fundo Municipal dos Direitos da Pessoa Idosa (FMPI). Já o contribuinte pessoa física, que apresenta declaração completa e tem imposto a pagar, pode deduzir as destinações que fizer ao longo do ano, até o teto de 6% do imposto devido. Para ambos os casos, o prazo para as destinações serem dedutíveis na declaração de 2016 é 29 de dezembro. Ótima oportunidade que a Receita Federal dá todo ano ao contribuinte de ver na prática o retorno social dos impostos que paga.

Os recursos destinados por meio deste instrumento vão para fundos que são administrados pelos Conselhos Municipais dos Direitos da Criança e do Adolescente, pelos Conselhos Municipais dos Direitos da Pessoa Idosa ou entidades similares, presentes em todo o país e formados por representantes do poder público e cidadãos, gente como a gente, que se propõe a fiscalizar como o dinheiro público está sendo aplicado. Os conselhos repassam os recursos para diversas instituições que atendem crianças, adolescentes e idosos em situação de risco ou vulnerabilidade social. Para ter acesso a esses recursos, cada município tem ou deve instituir seus próprios conselhos, podendo assim captar as destinações e direcionar para instituições sociais e projetos que podem receber e aplicar os recursos destinados pelos contribuintes.

Na capital
No caso de Curitiba, o contribuinte pode  contribuir com projetos do Fundo Municipal da Infância e Adolescência. Basta acessar o formulário de doação AQUI e seguir o passo a passo. Uma dica importante é conhecer os projetos e escolher doar para eles. Para isso, selecione a entidade e na sequencia o projeto. Há diversos projetos de nossas comunidades que precisam deste apoio.

Se a opção for pelo auxílio ao Fundo Municipal dos Direitos da Pessoa Idosa, basta acessar o formulário de doação AQUI e seguir o passo a passo. Neste caso também vale a dica de conhecer os projetos e escolher doar para eles. Para isso, selecione a entidade e na sequencia o projeto. Há diversos projetos de nossas comunidades que precisam deste apoio.

O documento para fins de imposto de renda poderá ser solicitado pelo e-mail doacao@fas.curitiba.pr.gov.br, fornecendo os dados da empresa como nome/razão social, CPF/CNPJ, endereço completo, valor destinado e data da destinação.

Para mais informações sobre doações em Curitiba, acesse o site da Fundação de Ação Social.

Em outras cidades
A empresa ou pessoa física deve procurar as informações sobre como realizar suas destinações no site de cada município ou junto às prefeituras locais.

Esta é uma maneira eficaz de assegurar que os recursos dos impostos federais revertam em benefícios diretos às localidades arrecadadoras. Graças à mobilização da população, das entidades e apoio dos profissionais da contabilidade, os Fundos para Infância e Adolescência e os Fundos do Idoso vêm aumentando as arrecadações em todo o país.

Dúvidas?

Procure mais Informações com seu contador.

Nossa equipe da Comissão do Conselho de Leigos também fica à disposição pelo email cnlbcuritiba@gmail.com  / ativacontabilidade@ativacon.com.br para orientações.

 

fonte:CRC-PR

Curta Nosso Facebook
Comissões Pastorais

Boletim Informativo