Faça sua contribuição na Coleta Nacional da Solidariedade

31-postttt

Estamos nos aproximando do Domingo de Ramos, data que celebra a entrada de Jesus em Jerusalém, e que neste ano cai no dia 9 de abril. Como em todos os anos, ocorre também neste dia a Coleta Nacional da Solidariedade, gesto concreto da Campanha da Fraternidade e uma forma dos fiéis apoiarem projetos sociais de nossa Igreja.

A Coleta Nacional da Solidariedade é realizada para arrecadar fundos que serão destinados para projetos sociais das dioceses locais e também para outras regiões do país por meio do Fundo Diocesano de Solidariedade. Os fundos são divididos da seguinte maneira: 60% do total da coleta permanecerão na diocese de origem (no caso, a Arquidiocese de Curitiba) e compõe o Fundo Diocesano de Solidariedade e os outros 40% compõem o Fundo Nacional de Solidariedade, que apoia projetos sociais de todo o Brasil, destinando para os locais que mais necessitam.

Os recursos do FDS são destinados por meio de edital público. Pastorais, paróquias e grupos formais ou informais podem inscrever projetos sociais para buscar o apoio de até R$ 12 mil para realizar ações de combate à exclusão social e alinhadas ao tema da Campanha da Fraternidade. Para inscrever projetos, acesse o edital aqui. 

No ano de 2017, a Campanha da Fraternidade começou no dia 1º de março com o tema “Fraternidade: biomas brasileiros e defesa da vida” e o lema “Cultivar e guardar a criação”.

A Coleta Nacional da Solidariedade é uma forma de promover reflexão sobre os diversos problemas sociais e de o fiel contribuir diretamente para colocar em prática tudo o que se é incentivado durante a CF.

Retire o envelope em sua paróquia e leve sua contribuição na coleta do dia 9 de abril, Domingo de Ramos. Exercite a sua solidariedade, alcançando os necessitados com amor

Curta Nosso Facebook
Comissões Pastorais

Boletim Informativo