Canonização dos pastorinhos marca celebração do centenário de Nossa Senhora de Fátima

2017-05-12t181056z-1260736097-up1ed5c1ei7l9-rtrmadp-3-pope-portugal-fatima
Papa reza em frente a imagem da Nossa Senhora de Fátima (Foto: Nuno Andre Ferreira/Reuters)

O papa Francisco já está em Portugal, onde presidirá – em Fátima – cerimônia de canonização dos pastorinhos Jacinta e Francisco Marto, no centenário das aparições de Fátima.

1francisco_jacintaDois dos pastorinhos de Fátima, os beatos Francisco e Jacinta Marto serão os santos não-mártires mais jovens da história da Igreja católica. Eles foram beatificados há 17 anos, também em Fátima. “O Santuário de Fátima volta assim a ser o palco de uma cerimônia no processo de canonização de Francisco e Jacinta, depois de, a 13 de maio de 2000, João Paulo II ter presidido ali à beatificação dos dois videntes”, declara o Santuário de Fátima.

A última etapa para a canonização dos dois pastorinhos foi concluída no último dia 23 de março, quando o Papa Francisco aprovou o milagre atribuído a eles. Trata-se da cura milagrosa de uma criança no Brasil.

 

Criança que recebeu a cura milagrosa é brasileira

Lucas, um menino brasileiro aqui do Paraná (Juranda – Diocese de Campo Mourão), foi quem, aos 5 anos, recebeu a cura milagrosa por intercessão dos pastorinhos Francisco e Jacinta, após cair de uma janela e ficar em coma; uma história que foi contada pelos pais do menino curado. (confira mais abaixo)

 

Celebrações na Arquidiocese de Curitiba

Diversas são as paróquias com homenagens ao centenário de Nossa Senhora de Fátima em nossa Arquidiocese neste dia 13.

Às 19h o arcebispo, Dom José Antônio Peruzzo, celebra missa no Santuário Nossa Senhora do Rosário de Fátima no bairro Tarumã. Confira programação do Santuário aqui.

A Paróquia São José e Santa Felicidade no bairro Santa Felicidade vai marcar Centenário com procissão. Confira aqui.

Diversas missas em louvor a Nossa Senhora de Fátima acontecem em paróquias em toda Arquidiocese.

Conheça o caso da cura milagrosa de Lucas

João Batista, pai de Lucas, contou que o filho, que na época tinha 5 anos, caiu de uma janela a 6,5 metros de altura, em 2013 e ficou em estado grave. Segundo ele, os médicos que atenderam Lucas afirmaram que dificilmente a criança conseguiria sobreviver. Os médicos disseram ainda que, caso sobrevivesse, a criança ficaria com graves sequelas ou, até mesmo, em estado vegetativo.

“Damos graças a Deus pela cura do Lucas e sabemos com toda a fé do nosso coração que foi obtido este milagre pelos pastorinhos Francisco e Jacinta. Sentimos uma imensa alegria por ser este o milagre que levou à canonização, mas sobretudo sentimos a benção a amizade dessas duas crianças que ajudaram o nosso menino e agora ajudam a nossa família”, disse João Batista.

Quando foi internado, o quadro de Lucas era tão grave que o menino chegou a ter duas paradas cardíacas. No Santuário de Fátima, João Batista e sua mulher Lucila Yuri, que são da cidade de Juranda, no Paraná, disseram que realizaram correntes de oração em conjunto com freiras brasileiras pedindo aos pastores que curassem seu filho. Ele afirma que ligou para um convento para pedir ajuda das freiras e uma delas teve o ímpeto de fazer o pedido aos pastores de Fátima.

“Uma irmã correu para as relíquias dos Beatos Francisco e Jacinta, que estavam junto do Sacrário e sentiu esse impulso de oração: ‘Pastorinhos, salvem este menino, que é uma criança como vocês’ “, narrou João Batista, acrescentando: “Da mesma forma todos nós, na família, começamos a rezar aos Pastorinhos e, dois dias depois, no dia 9 de março o Lucas acordou, bem, e começou a falar, perguntado pela sua irmãzinha. No dia 11 saiu da UTI e dia 15 teve alta”.

Os pais de Lucas afirmaram que atualmente a criança está totalmente recuperada e em perfeito estado de saúde. A recuperação da lesão cerebral grave é apontada pelo Vaticano como o milagre operado pelas crianças pastorinhas de Fátima.

 

Fontes: Radio Vaticano e O Globo.com

Curta Nosso Facebook
Comissões Pastorais

Boletim Informativo