Novas Comunidades: Desabrochar da verdadeira primavera da Igreja

Eliezer Teixeira

Fundador Comunidade Santa Cruz e responsável pela Comissão 12

As Novas Comunidades são uma realidade eclesial atuante na Igreja, estão espalhadas em praticamente todas as dioceses do Brasil e geralmente trabalham com a evangelização e assistência aos que mais necessitam.

As Novas Comunidades começaram a surgir na década de 1970 na França e nos EUA, tornando-se um fenômeno mundial. No Brasil, as primeiras Comunidades Novas surgem na década de 80 e, na década de 90, vê-se o surgimento de inúmeras que hoje estão espalhadas em todo território nacional. “Elas são o desabrochar da verdadeira primavera da Igreja”, como disse São João Paulo II na vigília de Pentecostes de 1998, “a beleza das novas flores que chegam depois do inverno que vem para encher de cor e beleza e alegria realidade da Igreja”.

As principais características de originalidade das novas comunidades são o fato de serem formadas por grupos mistos de homens e mulheres, por leigos e clérigos, celibatários e casados, cada um vivendo sua consagração no seu estado de vida, atraídos e unidos por um carisma específico suscitado por Deus para uma necessidade particular da Igreja.

As novas comunidades são compostas de pessoas dispostas a viver intensamente o carisma tendo uma profunda vida de oração pessoal e comunitária. A vivência comunitária é geralmente dividida em duas formas: Comunidade de Aliança e Comunidade de Vida.

A Comunidade de Aliança é formada por pessoas que vivem sua consagração inseridas no mundo e em suas famílias, mantendo as suas atividades seculares e dispondo de tempo para serem evangelizadoras e vivenciar o carisma.

A comunidade de vida é formada por membros que dispõem de tudo (família, profissão) para viverem juntos partilhando suas vidas com o único ideal de evangelizar e ajudar os mais necessitados.

A Comissão 12, da Arquidiocese de Curitiba, reune mensalmente em torno de 14 comunidades novas, entre elas a Comunidade de Aliança Católica Santa Cruz, que é uma Associação Privada de Fiéis reconhecida pela Arquidiocese de Curitiba no ano de 2012. Foi fundada no dia 2 de abril de 2000 e tem como carisma “Ser no mundo um sinal do crucificado, uma chaga de amor”. É formada por homens e mulheres, casados, solteiros e celibatários.

Possui sede em Curitiba no bairro do Santo Inácio e uma casa de Missão na cidade de Palmeira-PR, onde são desenvolvidas diversas atividades como grupos de oração, formações e celebrações da Eucaristia.  Temos presente em nosso dia a dia as cinco Chagas de Jesus, cada uma representando algo que precisamos viver mais profundamente: Chaga da Cabeça – Obediência; Chaga da mão direita – Perdão; Chaga da mão esquerda – Doação; Chaga dos pés – Humildade; Chaga do peito – Amor.

A comunidade Santa Cruz trabalha principalmente com a evangelização de casais, jovens, crianças e adolescentes com intuito de formar famílias santas.

comunidade-santa-cruz

Para conhecer um pouco mais do nosso carisma acesse a

página no Facebook:

fb.com/comunidadecatolicasantacruz