Realizado o 2º Mutirão Paranaense de Comunicação

19875416_1907942999466121_408427641508453857_n

O 2º Muticom-PR aconteceu nos dias 7, 8 e 9 de julho no teatro da FAE em Curitiba. Mais de 400 pessoas, entre comunicadores profissionais, agentes de pastoral, religiosos, sacerdotes participaram de palestras e oficinas e tiveram nestes dias amplos incentivos a pensar a comunicação como meio de evangelização.

kayserArticular, motivar e intensificar a comunicação entre as pastorais da Igreja e comunidades paroquiais, considerando os processos e meios de comunicação, além das novas tecnologias, foram alguns dos objetivos do encontro. Nesta edição o Muticom Paranaense foi organizado pela Pastoral de Comunicação da Arquidiocese de Curitiba. “Foi um sucesso”, comentou o coordenador da Pascom de Curitiba, Antônio Kayser. Ele explica: “teve muito envolvimento desde as pessoas que organizaram até as pessoas que participaram. Nós estamos vindo de uma caminhada longa em que agora estamos regando apenas o que tinha sido plantado no 1º Muticom em Guarapuava e a partir de agora muito frutos virão”.

abertura-muticomDom José Mário Angonese, bispo auxiliar de Curitiba e bispo referencial para a Pascom de Curitiba, enalteceu o evento: “Foi maravilhoso participar do despertar dessa pastoral de comunicação e perceber o ardor pela comunicação que Deus colocou no coração dessas pessoas. Foi maravilhoso ver todos os integrantes das diversas Pascom respondendo o chamado de Deus”. Dom José Mario já no primeiro dia comentava: “A partir deste Muticom consigo imaginar o bem que os participantes farão ao voltar a suas comunidades. O entusiasmo com que vão comunicar palavra de Deus e o seu evangelho”.

Programação:

A primeira palestra do evento foi ministrada pelo especialista em treinamentos motivacionais para empresários e funcionários, Daniel Godri Jr. Na palestra “Comunicação e Evangelização”, Daniel abordou motivações, estratégia e inovações para uma evangelização mais eficaz.

O sábado começou com a Santa Missa presidida pelo Arcebispo de Curitiba, Dom José Antonio Peruzzo. “Quando se trata de evangelização não basta anunciar as ideias de Jesus Cristo, porque não são as ideias de Jesus que salvam, mas o próprio Senhor Jesus. É preciso aprender apresentar Jesus ao povo para que eles possam desenvolver uma ralação intima com o Salvador. Para que tudo isso aconteça, é preciso saber comunicar”, comentou Dom Peruzzo.

A primeira palestra do dia foi do Frei Rogério Soares, fundador da Pastoral do Empreendedor. Frei Rogério falou sobre inteligência espiritual e sua importância na comunicação desenvolvida pela Igreja. Ressaltou o cuidado que o comunicador deve tomar com a velocidade com que as informações são publicadas, checando muito bem sempre as fontes.

O diretor de Marketing da Rede Evangelizar de Comunicação, Hudson José, deu continuidade nas palestras e falou sobre as Técnicas profissionais dos meios de comunicação (TV e rádio) e como aplica-las na evangelização. Além de falar das oportunidades que os meios de comunicação proporcionam para a evangelização, Hudson explicou as armadilhas que podem existir e de como evitá-las. As redes sociais foram apontadas como ferramentas a serem exploradas pela Igreja como estratégia de evangelização.

Após o almoço foi a vez do professor Jair Passos trazer uma animada fala. “Maestria na arte de se comunicar – A essência do processo de Comunicação” foi o assunto abordado. O palestrante também falou sobre técnicas de comunicação modernas e aplicação da neurolinguística em diversos contextos.

O Muticom-PR foi espaço privilegiado também para construção de saberes, pois houve também o momento de prática. As oficinas foram os momentos em que cada participante pode escolher um dos temas relacionados à comunicação e interagir com os demais participantes.

O último dia de Mutirão começou com um momento de fé, reflexão e espiritualidade e na sequência o Padre Joãozinho reforçou a proposta do Papa Francisco no 51º Dia Mundial da Comunicações Sociais deste ano: ‘realizar uma comunicação responsável e propositiva’. Pe. Joãozinho trouxe na fala o destaque para o ano mariano, pois Maria foi a primeira comunicadora cristã. “Maria ensinou as primeiras formas de comunicação para o maior comunicador dos comunicadores, Jesus de Nazaré”. Antes do encerramento do 2º Mutirão Paranaense de Comunicação foram apresentados os trabalhos desenvolvidos durantes as oficinas do dia anterior.

Para o bispo referencial para a Pastoral da Comunicação da CNBB – Regional Sul 2, o Bispo da Diocese de Guarapuava, dom Antônio Wagner da Silva, o evento serviu para fortalecer ainda mais a Pascom no âmbito Regional.

O próximo Muticom Paranaense, vai ocorrer no ano de 2020, o que segundo o coordenador regional Jorge Teles, foi decidido entre as coordenações diocesanas da Pascom. “Percebemos que será mais produtivo encontros em anos pares, para não coincidir com os mutirões brasileiros de comunicação. Teles disse que a Pascom do Paraná agora se articula para participar do 10º Mutirão Brasileiro de Comunicação, em Joinville (SC), no mês de agosto.

* Texto produzido com informações de CNBB Sul 2 e Facebook.com/muticomparanaense

Confira algumas fotos:

Flickr Album Gallery Powered By: Weblizar

Mais fotos e vídeos em www.facebook.com/muticomparanaense/