Missionária ajuda sensibilizar para a prevenção de doenças na Guiné-Bissau

Na Guiné-Bissau, país da África, onde a Igreja do Paraná mantém uma Missão Católica, doenças como a malária e a febre tifoide, todos os anos matam muitas pessoas, especialmente crianças. Os hospitais não têm estrutura e remédio suficiente para atender a população afetada, especialmente no período de chuvas, quando há maior incidência do mosquito transmissor.

whatsapp-image-2017-07-12-at-07-34-10-300x225Atenta a essa realidade, a missionária paranaense, Samara Taíza (da Arquidiocese de Curitiba), que é enfermeira e atua no Hospital Guerra Mendes, em Quebo, conversou com os enfermeiros e técnicos e decidiram fazer todas as quintas-feiras uma sensibilização à prevenção dessas doenças. E essa iniciativa começou a ser colocada em prática no dia 06 de julho.

“Quinta-feira é dia de maior concentração de pessoas no Hospital de Quebo, então decidimos fazer essa sensibilização referente à Malária, a Febre Tifoide e a Diarreia. Falamos de alguns cuidados com a higiene e com a água que se bebe. Foi ensinado o processo de descontaminação da água com hipoclorito de sódio. Lembramos também da importância de dormir embaixo das tendas, que são os mosqueteiros”, contou Samara.

No mês de junho, em parceria com a Unicef, mosqueteiros foram distribuídos gratuitamente para toda a população da Guiné-Bissau. O uso desses mosqueteiros é muito importante para a prevenção da Malária, que é transmitida pelo mosquito.

Esse momento de sensibilização foi feito pelos próprios enfermeiros e técnicos do hospital em dois idiomas: no crioulo e no fula, que é o mais falado na comunidade de Quebo. “A prevenção dessas doenças é o caminho mais seguro e econômico e está ao alcance de todos, por isso esses momentos de sensibilização serão muito importantes para a população. E certamente evitará que muitas vidas sejam perdidas”, acredita Samara.

Fonte: CNBB SUL 2

Veja também:

Conheça aqui a história da jovem missionária da Arquidiocese de Curitiba em missão na África.

Curta Nosso Facebook
Comissões Pastorais

Boletim Informativo