Entenda a Peregrinação #3 – Nossa Senhora da Luz dos Pinhais

Nesta sexta-feira, 8 de setembro, inicia na Arquidiocese de Curitiba um programa permanente de Peregrinação de uma Bíblia e de Símbolos Missionários, incentivando uma Igreja em Saída.

Acompanhe a reflexão sobre o que motivou a utilização de cada um dos símbolos:

3 – Imagem de Nossa Senhora da Luz dos Pinhais:

Maria, a Mãe da Evangelização

ns
Na exortação apostólica Evangelii Gaudium, Maria nos é apresenta como “Mãe do Evangelho Vivente (EG n. 287)”. Nela, antes que em seu ventre, a Boa Notícia se fez carne em seu coração, através de uma adesão existencial ao seu Senhor. Em Maria, a dinâmica trinitária encontra não somente habitação, mas também um eco. Acolhendo a realização plena da promessa salvífica, a Virgem de Nazaré dela se torna epifania através de sua capacidade contemplativa de perceber os vestígios divinos na silenciosa quotidianidade humana e na sua capacidade de servir profeticamente seus filhos e filhas por adoção.

O papa Francisco nos recorda que, há um estilo mariano na atividade evangelizadora da Igreja, pois a ela contemplando voltamos a acreditar na força revolucionária da ternura e do amor. Como Maria, invocada em nossa Arquidiocese com o título de Nossa Senhora da Luz dos Pinhais, queremos irradiar a luz do seu Filho, cujo brilho nos aponta caminhos direcionados a inícios em inícios, por inícios sempre novos na bonita missão de o Evangelho testemunhar como uma Igreja em saída.

 

por Padre Thiago Rodrigues – Coordenador da Dimensão Missionária

SAIBA MAIS SOBRE A PEREGRINAÇÃO DA BÍBLIA E DOS SÍMBOLOS MISSIONÁRIOS E ACOMPANHE O CRONOGRAMA AQUI

Curta Nosso Facebook
Comissões Pastorais

Boletim Informativo