Tradicional festa em honra a Santa Rita de Cássia é neste domingo

Evento pretende reunir mais de duas mil pessoas em missa campal no dia 20 de maio

sta_rita_hauer01
Foto: Santuário Santa Rita de Cássia

 

No próximo domingo, dia 20 de maio, acontecerá mais uma edição da tradicional festa em honra a Santa Rita de Cássia, em Curitiba. O evento – organizado pelo Santuário de Santa Rita de Cássia, no Hauer – pretende atrair milhares de pessoas nas atividades que homenageiam a Santa das Causas Impossíveis.

 

Programação

Paróquia Santuário Santa Rita de Cássia (Rua Padre Dehon, 728 – Hauer, Curitiba)

Telefone: (41) 3276-2075

 

20/05 (domingo)

Celebração em Honra à Santa Rita de Cássia

– 9h30 – Saída com a imagem de Santa Rita de Cássia da Paróquia São Francisco

– 10h – Missa festiva presidida pelo Padre Gilberto Bonato Xavier, scj, Superior Provincial da Província Brasileira Meridional da Congregação Dehoniana no Brasil.

– 12h – Almoço festivo (risoto, carne vermelha, frango e saladas).

Convites à venda no local a R$ 35,00 por pessoa (crianças até 10 anos pagam meia), com opção de compra para viagem.

– Novena às 14h

– Missa com novena às 16h e 19h

 

21/05 (segunda-feira)

– 19h – Missa com novena celebrada pelo Padre Anísio José, scj, seguida de Procissão Luminosa

 

22/05 (terça-feira)

Celebrações do Dia de Santa Rita de Cássia

– Missas com novena às 9h, 16h e 19h

– Novenas às 7h, 12h e 14h

19h – Missa de encerramento dos festejos celebrada por Dom Amilton Manoel da Silva, Bispo Auxiliar da Arquidiocese de Curitiba

 

Agradecimentos

Como explica o novo pároco do Santuário de Santa Rita de Cássia, padre Carlos Alberto Rodrigues, scj, “A festa de Santa Rita de Cássia é um dos eventos mais tradicionais da região, uma vez que a devoção à padroeira está presente desde a colonização da antiga Vila Hauer”. Ao longo do ano, o Santuário recebe devotos de todo o Brasil. “São muitos os que vêm agradecer a intercessão de Santa Rita junto a Deus. E é por isso que a igreja também está sempre florida, especialmente às quintas-feiras, quando temos os dias devocionais. As flores são uma mostra de gratidão”, explica o sacerdote.

Os recursos obtidos com os festejos em honra à padroeira serão investidos nas obras sociais da paróquia e em benfeitorias nas instalações para melhor receber a comunidade que participa diariamente das dezenas de atividades pastorais e catequéticas promovidas no Santuário.