Projetos sociais relacionados à Campanha da Fraternidade receberão apoio financeiro

43810863261_dacfc3ecfd_k

 

O Fundo Diocesano de Solidariedade (FDS) da Arquidiocese de Curitiba revelou neste mês de julho os 25 projetos aprovados no edital 2018 e que receberão recursos financeiros para sua execução. A cerimônia de assinatura dos contratos foi realizada na quarta-feira, dia 1 de agosto, na Cúria Metropolitana, contando com representantes de cada projeto contemplado.

 

29940957318_a4d94e89b9_k

 

Como critério para aprovação no edital, os projetos atendem a finalidade de combater a exclusão social e estão fundamentados no tema da Campanha da Fraternidade 2018 – Fraternidade e a Superação da Violência. “Apoiar estes projetos é um gesto concreto da CF. A primeira etapa foi a solidariedade das pessoas no Domingo de Ramos e foi muito boa a participação da comunidade. A segunda etapa foi o recebimento e a avaliação dos projetos. E agora, com a assinatura, iniciamos uma nova etapa que será a execução destas importantes obras sociais”, comentou Dom Francisco Cota, bispo referencial na Arquidiocese de Curitiba para a Dimensão Social, parabenizando todas as instituições presentes pela dedicação que têm em suas áreas de atuação.

O FDS é financiado pela doação da comunidade no Domingo de Ramos, por meio da Coleta da Solidariedade. O arcebispo, Dom Peruzzo, enalteceu a participação da comunidade: “Em meio a um ano de crise e ainda com diversos ataques à esta iniciativa, prevaleceu a solidariedade. Este recurso não pode ser visto como um mero ato de generosidade da Igreja, pois já é da natureza da Igreja ser solidária. Este é nosso modo de Evangelizar. O que houve foi uma reação do povo em compaixão àqueles que mais necessitam dos afetos do Senhor”. Dom Peruzzo lembrou que o total a ser repassado aos projetos sociais – aproximadamente R$ 185 mil – representa parte do total da Coleta – pois o recurso da Coleta vai além do apoio a projetos locais: grande parte dos recursos é destinado a apoiar a evangelização nas dioceses mais pobres.

 

43094466814_33f231df89_k

 

A cerimônia de assinatura do contrato contou também com apresentação cultural dos alunos do projeto OSSA – Obra Social Santo Aníbal, com uma encenação sobre fragmentos da violência que muitas pessoas vivem no dia a dia. A mesa de evento contou com a presença, além de Dom Peruzzo e Dom Francisco, também do coordenador da Ação Evangelizadora da Arquidiocese, Pe. Alexsander Cordeiro Lopes, do Ecônomo da Arquidiocese, Pe. José Aparecido, do Coordenador local da Campanha da Fraternidade, João Santiago e do membro da coordenação do Comitê Gestor do FDS, Diácono Antônio Bez.

Ao parabenizar os projetos contemplados, João Santiago comentou sobre o panorama social que a análise dos projetos permitiu ao Conselho Gestor realizar: “Nos 49 projetos inscritos, algumas palavras foram muito comuns: criança, pobreza, comida, fome. Isso nos traz a reflexão de que estamos contemplando projetos de grande importância e que atendem algumas das necessidades mais extremas da vida nas periferias de nossas cidades”.

A lista com os projetos contemplados pode ser acessada aqui.

Confira as fotos:

Flickr Album Gallery Powered By: Weblizar