Jornada Mundial dos Pobres em Curitiba vai chamar atenção para exclusão social

Atendendo apelo do Papa, a Arquidiocese de Curitiba lança a programação da Jornada Mundial dos Pobres de 11 a 18 de novembro, marcando a reflexão sobre a opção preferencial pelos pobres

capa-folder-dia-do-pobre

Em novembro, a Igreja Católica em todo o mundo celebra o 2º Dia dos Pobres, neste ano no dia 18. Este evento eclesial foi instituído pelo Papa Francisco, por ocasião do encerramento do Ano Santo da Misericórdia, ocorrido em 19 de novembro de 2017.

A data pretende estimular católicos para que reajam à cultura do descarte e da exclusão, assumindo a cultura do encontro. Ao mesmo tempo é um convite a toda a sociedade, independentemente da crença religiosa, “para que se abram à partilha com os pobres em todas as formas de solidariedade, como sinal concreto de fraternidade”, como diz o Papa, em mensagem.

Na mensagem para o Dia Mundial dos Pobres de 2018, o Papa Francisco medita sobre um versículo do Salmo 34: “Este pobre grita e o Senhor o escuta“. Para escutar os pobres, destaca o Santo Padre:”É do silêncio da escuta que precisamos para reconhecer a voz deles. Se falarmos demasiado, não conseguiremos escutá-los. Muitas vezes, tenho receio que tantas iniciativas, apesar de meritórias e necessárias, estejam mais orientadas para nos satisfazer a nós mesmos do que para acolher realmente o grito do pobre”.

Arquidiocese de Curitiba e a Jornada Mundial dos Pobres

No Brasil, a CNBB e a Cáritas propõem uma semana de mobilizações marcadas por encontro positivos com os empobrecidos e empobrecidas do Brasil: a Jornada Mundial dos Pobres – Semana da Solidariedade, de 11 a 18 de novembro.

Buscando responder a estes apelos – com a proposta de ampliar o olhar e a ação da Igreja para as demandas de exclusão social, política e cultural, realçadas pelo contexto contemporâneo, como a população em situação de rua e outros sem abrigo, os migrantes, as mulheres, os soropositivos, os nascituros, as minorias sexuais, os toxicodependentes, entre outros –  a Dimensão Social da Arquidiocese de Curitiba lança a seguinte programação:

JORNADA MUNDIAL DOS POBRES – ARQUIDIOCESE DE CURITIBA

De 11 a 18 de novembro de 2018

Domingo, 11/11

8h30: Missa de abertura da Jornada Mundial dos Pobres, presidida por Dom Francisco Cota, Bispo Auxiliar de Curitiba e referencial da Dimensão Social.
Local: Catedral Nossa Senhora da Luz.

12, 13 e 14/11: Simpósio “Uma Igreja pobre com os pobres”, com enfoque no tema “A pobreza como realidade sociológica, como experiência pessoal e como desafio espiritual”

12/11 – Palestrante : Dom Manoel João Francisco – Bispo da Diocese de Cornélio Procópio – Paraná
Local: Paróquia São José – Capão Raso – Curitiba. Horário: 19h

13/11 – Palestrantes: André Langer e Jardel Neves Lopes
Local: Paróquia São Braz – São Braz – Curitiba. Horário: 19h

14/11 – Palestrantes: André Langer e Jardel Neves Lopes
Local: Paróquia Santo Antônio – Boa Vista – Curitiba. Horário: 19h

15/11

10h às 12h30: Roda de conversa e almoço fraterno com a População de Rua. Local: Catedral Anglicana São Tiago.

Dia 16/11

19h30 às 21h: Celebração da Luz e Vigília de Solidariedade e Denúncia, pelos mortos em situação de rua, vítimas do bandono e da miséria. Local: Comunidade N. Sra. Aparecida (Rua Guabirotuba, 770).

17/11 (sábado)

16h às 18h: Mística inter-religiosa e celebração da vida com migrantes. Local: Centro de Acolhida Dom Oscar Romero (Rua General Teodorico Guimarães, 48 – Vila Fanny).

18/11 (Domingo): 2º DIA MUNDAL DOS POBRES

A Arquidiocese convida todas as paróquias e comunidades à realização de mesa fraterna (almoço ou lanche comunitário), acolhendo famílias socialmente vulnerabilizadas, com recebimento de doações de itens para cestas básicas.

 

Contato da Dimensão Social da Arquidiocese de Curitiba – dimensaosocial@mitradecuritiba.org.br | (41) 2105-6326