Reunião sobre o texto da Campanha da Fraternidade lotou salão nobre da Cúria em Curitiba

reuniao-cf-2019-6

Mais de 200 representantes de diversas paróquias, congregações e movimentos da Arquidiocese de Curitiba estiveram presentes no primeiro encontro do ano de formação sobre a Campanha da Fraternidade 2019. Neste ano, o tema da CF é “Fraternidade e Políticas Públicas”, buscando estimular a participação de todos cidadãos na construção de Políticas Públicas em âmbito nacional, estadual e municipal, à luz da Palavra de Deus e da Doutrina Social da Igreja para fortalecer a cidadania e o bem comum.

O encontro foi realizado no sábado, dia 26 de janeiro, na Cúria Metropolitana de Curitiba, organizado pela Comissão da Dimensão Social da Arquidiocese. A proposta era reunir a equipe e assessores locais da Campanha da Fraternidade de 2019 para uma manhã de estudo sobre o texto-base e serviu também como uma “capacitação para multiplicadores”. Os participantes foram incentivados a  fomentar uma leitura ampla do tema em suas paróquias, comunidades, movimentos eclesiais e pastorais, sempre à luz da dinâmica quaresmal de conversão e reconciliação. “Foi momento de capacitação para que as lideranças assumam desde já esse chamado para viver plenamente a política como forma de superar a miséria, a violência e a alienação política e religiosa, como diz o texto-base”, afirmou o coordenador local da Campanha da Fraternidade, João Santiago.

reuniao-cf-2019-2

A reunião contou com a presença de Dom Francisco Cota, bispo referencial para a Dimensão Social da Arquidiocese de Curitiba, do Pe. Danilo Pena, coordenador da Dimensão Social e de representantes dos poderes executivo, legislativo e judiciário, bem como da sociedade civil organizada.

reuniao-cf-2019-5

Dom Francisco ressaltou a importância de ter iniciado esta motivação em prol dos objetivos da CF: “Pudemos mostrar as chamadas portas de acesso por onde incidem as políticas públicas, apontando que há uma lacuna na atuação dos serviços públicos, onde sociedade civil precisa atuar mais”, comentou o bispo. Ele explicou que para trabalhar o tema ‘políticas públicas’, foi levado em consideração como elas se relacionam com a dignidade da pessoa e com o bem comum. “Precisamos trazer a preocupação com as ações do dia a dia para assegurar os direitos fundamentais que em muitos casos são violados e vislumbrar o bem para as futuras gerações”.

A Campanha da Fraternidade tem seu lançamento na quarta-feira de cinzas, dia 6 de março, e vive seu período mais intenso durante a quaresma, culminando com o gesto concreto que é a Coleta da Fraternidade no Domingo de Ramos, mas seguindo com ações durante todo o ano.

Com a Campanha da Fraternidade 2019 a Igreja Católica realça seu compromisso de olhar para a sua missão no contexto da sociedade contemporânea, anunciando o Evangelho a partir do seu compromisso com a vida das pessoas, sobretudo os que possuem seus direitos negados. Novas atividades de mobilização serão realizadas pela equipe local de articulação da CF, como afirma o padre Danilo Pena: “Foi o primeiro passo de uma série de propostas que a Arquidiocese promoverá com esse intuito”.

Confira fotos da reunião:

CONFIRA AQUI os slides da apresentação realizada no dia 26 de janeiro

Curta Nosso Facebook
Comissões Pastorais

Boletim Informativo