Catedral promove almoço em comemoração ao aniversário de Dom Pedro Fedalto e ao Dia do Padre

Valores arrecadados serão revertidos em prol da obra em realização na Catedral Basílica de Curitiba em comemoração ao seu jubileu de 350 de fundação enquanto paróquia

whatsapp-image-2019-07-11-at-11-03-49

Um almoço beneficente será realizado no dia 3 de agosto em prol do Jubileu de 350 anos da Paróquia da Catedral e em Comemoração ao Aniversariante, Dom Pedro Fedalto, que completa 93 anos em agosto de 2019, celebrando também neste almoço o Dia do Padre.

Será no Restaurante Madalosso, com número limitado de convites, disponíveis à venda na secretaria da Catedral.

Todos interessados em participar podem adquirir o convite direto na secretaria ou pelo telefone: (41) 3324-5136

Sobre o Jubileu de 350 anos e as obras
selo
Fundada em 1668, a Paróquia Nossa Senhora da Luz dos Pinhais completou 350 anos em 8 de setembro de 2018 e por essa ocasião foi decretado um ano jubilar, que se encerra em setembro de 2019. Atualmente, a paróquia carrega o título de Catedral Basílica Menor de Curitiba e é patrimônio histórico, cultural e religioso de da cidade. Saiba mais sobre a história da Catedral aqui.

Como parte das ações do Jubileu, um memorial dedicado a Nossa Senhora da Luz dos Pinhais, Padroeira de Curitiba, está em construção no jardim lateral da Catedral. A renda do almoço do dia 3 de agosto será destinado a esta obra em homenagem à Padroeira.

Sobre Dom Pedro Fedalto

dom-pedro-fedalto-foto-patryck-madeira
O aniversariante, nosso querido arcebispo emérito D. Pedro Fedalto, foi Arcebispo de Curitiba de 1971 a 2004. Foi responsável por ajudar a organizar a estadia do Santo Papa João Paulo II em Curitiba durante a visita do Pontífice ao Brasil, em 1982. Foi durante seu arcebispado que organizou o 1º Sínodo Arquidiocesano de Curitiba entre 1987 a 1994.

Nasceu no dia 11 de agosto de 1926 na Colônia Antônio Rebouças – Município de Campo Largo/PR. Foi ordenado sacerdote em 6 de dezembro de 1953 e sua sagração episcopal ocorreu em 28 de agosto de 1966. Foi bispo auxiliar da Arquidiocese de Curitiba de 1966 a 1970 e administrador apostólico diocesano no ano de 1970 (após a morte de D. Manuel da Silveira), sendo empossado como arcebispo no dia 28 de fevereiro de 1971. Seu lema “A verdade na caridade” foi marca registrada de seu serviço durante os mais de 30 anos em que serviu a Arquidiocese e a CNBB do Paraná como presidente por 28 anos.

D. Pedro teve papel importante na reestruturação e descentralização da Arquidiocese de Curitiba. Para melhor evangelizar, descentralizou a Arquidiocese em quatro grandes áreas pastorais, divididas em 18 setores, contando 3 áreas aos bispos auxiliares e reservando para si o centro da Arquidiocese. Criou 74 novas paróquias, ordenou 74 padres diocesanos, e acolheu congregações femininas e masculinas.

Deixou as funções de arcebispo em 2004. Mesmo afastado das funções de arcebispo, D. Pedro continua ativo na Igreja. Hoje, mora no Seminário São José e dá aulas de boas maneiras e História da Igreja no Paraná para os meninos, além de celebrar missas semanalmente.

Curta Nosso Facebook
Comissões Pastorais

Boletim Informativo