Atualização das determinações frente ao COVID-19: Comunicado aos padres e fiéis da Arquidiocese de Curitiba

Diante da difusão exponencial do vírus COVID – 19, em ritmo mais acelerado do que os conhecidos em outros países, e a consequente pandemia em pleno movimento, elevando em muito os riscos de contaminação, consideramos mais acertado reavaliar as determinações dos últimos dias e optar por caminhos que favoreçam ainda mais as disposições preventivas. Segue, pois, que:

– As Celebrações Eucarísticas, ou quaisquer outras, bem como eventos religiosos de qualquer ordem, não sejam realizadas nem mesmo para pequenas aglomerações. Com isso se quer proteger melhor a saúde dos padres, dos membros das equipes litúrgicas e da comunidade.

– Todavia, não se trata de “não celebrar”. É dever precípuo de todo o presbítero ou bispo orar por seu povo. Muito mais o é nestes dias tão fortemente marcados por incertezas e temores.

– Portanto recomenda-se vivamente que os presbíteros celebrem diariamente a Santa Missa na intenção do povo de Deus, em especial pelos doentes. Nas casas intensifiquem-se os momentos de oração. Em muitos casos estes dias podem proporcionar momentos de comunhão ainda desconhecidos.

– Na medida do possível queiram franquear as celebrações aos seus paroquianos pelos meios virtuais ou outros. É muito importante que as comunidades sintam a proximidade dos seus pastores.

– Por razões humanitárias, enquanto durar esta grave situação, os fiéis da Arquidiocese de Curitiba estão desobrigados do cumprimento do preceito de participar da missa aos Domingos e dias de Festa (Código de Direito Canônico, cân. 87).

– Exortamos enfaticamente a todos a seguir as orientações das autoridade sanitárias em relação à prevenção e aos cuidados que devem ser observados enquanto perdurar esta pandemia.

Mantenhamo-nos orantes, rogando com fervor a intercessão de São José para que seja alcançado o controle desta pandemia.

Curitiba, 19 de março de 2020

* A atualização refere-se apenas à primeira determinação do comunicado anterior. Todas as demais determinações seguem inalteradas.

Confira aqui o comunicado em PDF

Curta Nosso Facebook
Comissões Pastorais

Boletim Informativo