Semana Nacional dos Leigos 2020 será encerrada na Festa de Cristo Rei

Brasília (19/11/2020, 12:05, Gaudium Press) Falando sobre a celebração do Dia Nacional dos Leigos e Leigos 2020, que terá sua culminância no dia 22 de novembro, na solenidade de Cristo Rei, a presidente do Conselho Nacional dos Leigos do Brasil (CNLB), Sonia Gomes de Oliveira, afirmou que este é um momento de alegria, mas também de questionamento: “O que este evento pede de nós? O que podemos nós, leigos e leigos, fazer a partir desta celebração do dia dos leigos cristãos? ”

Uma nota de imprensa do CNLB informa que durante a semana de 16 a 27 de novembro, o Conselho, em colaboração com a Comissão para os Leigos da Conferência Episcopal Brasileira (CNBB), planejou várias iniciativas para refletir sobre a presença e missão dos leigos na Igreja. do Brasil. O tema do Dia Nacional 2020 é “Testemunho e profecia a serviço da vida”.

Existe um grande desafio para os cristãos leigos: tomar consciência do seu batismo, da sua fé, da sua missão e vocação.

Desafio para os cristãos leigos: tomar consciência do seu batismo, da sua fé, da sua missão e vocação

O Bispo de Tocantinópolis e presidente da Comissão Episcopal para a Pastoral dos Leigos, Dom Giovane Pereira de Melo, ressalta no comunicado que existe uma grande participação dos leigos na vida da Igreja no Brasil:
“Nosso laicato é um laicato ativo, que busca organizar-se e está presente nos diversos espaços eclesiais, nas lideranças, nas comunidades eclesiais, nas associações e movimentos e nas demais organizações eclesiais ”.

Mas, o Bispo observou que, por outro lado, existe um grande número de cristãos leigos que ainda permanecem apenas assistindo os acontecimentos, sem participar deles.
Para o Prelado, isto é “um grande desafio para os cristãos leigos, para os batizados, tomar consciência do seu batismo, da sua fé, da sua missão e vocação, ser uma presença transformadora como sujeitos eclesiais não só na Igreja, mas nas realidades do mundo”.

Dom Pereira de Melo recordou ainda que “No documento nº 105, da CNBB, os Bispos do Brasil destacam a importância e a necessidade de o laicato ser protagonista. É necessário que a Igreja, especialmente nós ministros ordenados, reconheçamos a importância, o papel e o protagonismo dos leigos na Igreja no Brasil ”, concluiu.  (JSG)

Curta Nosso Facebook
Comissões Pastorais

Boletim Informativo