O sacerdote é o amor do coração de Jesus

Agosto é tradicionalmente o mês vocacional, assim vamos colocando toda a nossa vida, vocacionados que somos, em oração. A palavra vocação vem do latim “vocare”, chamar. A nossa primeira vocação ou chamado é a vida, o segundo comum a todos os batizados é à santidade. Depois dessas temos as vocações especificas, pelas quais a Igreja Católica intensifica a reflexão e orações no mês de agosto. São elas: sacerdotal, à família, à vida religiosa e ao ministério leigo.

Esse ano gostaria de falar do sacerdócio, e começo reforçando duas verdades que não podem ser esquecidas. Primeiro a afirmação de Jesus: ‘Não fostes vós que me escolhestes; fui eu que vos escolhi’. (Jo 15,16). Segundo que na pessoa do sacerdote age o Cristo.

Deus escolhe homens, sacerdotes (padres), e não quer dizer que sejam santos, mas que são chamados a serem santos. Somos frágeis, limitados como qualquer pessoa, mas Deus nos escolheu e a Igreja confirmou.

Tanto que, no rito da ordenação um presbítero designado para fazê-lo pede ao Bispo para que ordene  o candidato para a função de presbítero (sacerdote). O Bispo, então, interroga publicamente esse presbítero, se o candidato é digno deste ministério. O presbítero responde que após ter verificado junto ao povo de Deus e ouvido os responsáveis, declara firmemente ser testemunha de que o candidato a presbítero foi considerado digno. Não diz que ele está santo.

O sacerdote e a Igreja

Cito isso, não para justificar nossas misérias, os nossos erros, mas para pedir que Deus continue sustentando e santificando a vida dos Padres. Eles são importantes para a Igreja existir. Não existe Padre sem a Igreja, como não existe a Igreja sem os Padres.

 A Igreja conta cada vez mais feita com o protagonismo dos leigos. Alguns dos Sacramentos são ministrados pelos diáconos, como o Batismo e Matrimonio, mas é só através do Padre que no Sacramento da Unção dos Enfermos o óleo é colocado no enfermo para cura do corpo e da alma. É só através do Padre que o penitente, no Sacramento da Confissão pode escutar: – “Eu te absolvo dos teus pecados em Nome do Pai do Filho e do Espírito Santo”. E, também é só através do Padre que temos a Sagrada Comunhão. Somente por isso e muito por isso rezem pelos Padres!

São João Maria Vianney, nosso patrono disse: “O sacerdote é amor no coração de Jesus. Quando virdes um padre, pensai no amor de Nosso Senhor Jesus Cristo”.

A Igreja necessita de Padres. Rezemos para que as famílias sejam sementeiras de vocações sacerdotais. Rezemos pela perseverança dos seminaristas, e para que nós Padres sejamos santos como o Senhor é Santo.

__

Por

Padre Reginaldo Manzotti

FONTE: Aleteia

Curta Nosso Facebook
Comissões Pastorais

Boletim Informativo