Pastoral da Saúde recebe prêmio Pablo Neruda de Direitos Humanos

A Pastoral da Saúde da Arquidiocese de Curitiba recebeu, no início do mês de maio, o prêmio Pablo Neruda de Direitos Humanos. A cerimônia de entrega aconteceu na Câmara Municipal de Curitiba, no dia 4 de maio, às 9h, com a presença de Ireonilda Machado De Conto (coordenadora Arquidiocesana da Pastoral da Saúde), Maria Cristina Galacho de Souza (vice coordenadora) e o Padre Fábio Eduardo Pinto, Camiliano e assessor da Pastoral da Saúde.

(Foto: Rodrigo Fonseca / CMC)

A homenagem foi uma proposição do vereador Tito Zeglin e já estava votada e aprovada desde 2020, mas devido à pandemia, a entrega teve que ser adiada.

“A Pastoral da Saúde foi criada em 1986, devido a grande preocupação com a saúde, para além dos cuidados com os enfermos, vindo ao encontro da proposta de João Paulo II, que entendeu que a saúde vai além da nossa compreensão e percepção humana”, explicou Zeglin.

Direitos Humanos

O Prêmio Pablo Neruda é entregue pelo Legislativo há 14 anos. Instituído pela Lei Municipal 11.258/2004, hoje revogada, atualmente é regulamentado pela lei complementar 109/2018, que unificou as homenagens da Câmara Municipal de Curitiba. O objetivo é destacar personalidades e organizações sem fins lucrativos reconhecidas pela luta à liberdade, democracia e justiça social.

__

Com informações da Câmara Municipal de Curitiba

Curta Nosso Facebook
Comissões Pastorais

Boletim Informativo