Pastoral Familiar promove congresso nacional sobre vocação e caminho de santidade

A cidade de Governador Celso Ramos (SC) recebe dois eventos da Pastoral Familiar nesta semana. Nos dias 24 e 25, ocorreu a 45ª Assembleia Nacional, e a partir desta sexta-feira (26) começa o XVI Congresso Nacional da Pastoral Familiar, com o tema “Amor Familiar: vocação e caminho de santidade”.

Assembleia

Bispos referenciais, padres assessores e coordenações de setores e de regionais estiveram presentes no encontro, realizado de forma presencial pela primeira vez desde 2019. Na ocasião, foram eleitos os casais que estarão na coordenação e vice-coordenação nacionais da Pastoral Familiar durante os próximos três anos.

O encontro também foi uma oportunidade de apresentar novos materiais que vão auxiliar o trabalho da Pastoral Familiar no Brasil. Na última assembleia, ficou definido o processo de atualização de vários textos utilizados na evangelização das famílias brasileiras. A atualização levou em conta aspectos do contexto atual da Igreja presentes no novo Diretório de Catequese, a Centralidade da Palavra de Deus, a Iniciação à Vida Cristã, a exortação apostólica Amoris Laetitia e todo o magistério do Papa Francisco.

Congresso

Reagendado duas vezes, por causa da pandemia do novo coronavírus, o XVI Congresso Nacional da Pastoral Familiar vai marcar o reencontro dos agentes de todo o Brasil de forma presencial. Este é o primeiro evento presencial realizado em âmbito nacional desde o 10º Simpósio, em maio de 2019. O último congresso foi em 2017, em Cuiabá (MT).

Quem acolhe e promove de forma conjunta o evento com a Comissão Nacional da Pastoral Familiar (CNPF) é o Regional Sul 4 da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil, por meio da arquidiocese de Florianópolis (SC). Mais de 1200 pessoas se inscreveram para o evento. São agentes de pastoral e integrantes de movimentos e serviços que atuam com as famílias em todo o país. O tema “Amor familiar: vocação e caminho de santidade” está em sintonia com o X Encontro Mundial das Famílias com o Papa, realizado em junho. E o lema “Se eu não tenho amor, eu nada sou”.

De acordo com o assessor da Comissão Episcopal Pastoral para a Vida e a Família da CNBB e secretário executivo da CNPF, padre Crispim Guimarães, o congresso foi pensado para “aprofundar aquilo que aconteceu em Roma e nas dioceses de todo o mundo” e “fazer com que a dimensão da santidade seja algo que chegue no coração das pessoas”.

Ainda sobre o tema, o bispo de Rio Grande e presidente da Comissão para a Vida e a Família da CNBB, dom Ricardo Hoepers, ressaltou a necessidade de cuidar da família, “espaço vital” para a sociedade: “‘Amor familiar: vocação e caminho de santidade’ é acreditar que, pela família, nós vamos santificar o mundo”. disse durante encontro com a diocese de Lorena (SP).

__

FONTE: Vatican News

Curta Nosso Facebook
Comissões Pastorais

Boletim Informativo