10 Santuários Marianos para visitar em Curitiba

O Papa Francisco, ao rezar o Angelus na Solenidade da Assunção de Nossa Senhora (15), convidou todos os fiéis a visitarem um santuário mariano e rezarem pela paz:

“Continuamos a invocar a intercessão de Nossa Senhora para que Deus dê a paz ao mundo, e rezamos em particular pelo povo ucraniano.”

Por isso, selecionamos dez santuários marianos em Curitiba para você conhecer e ainda dedicar s sua oração a Maria.

 

1. Santuário Nossa Senhora de Guadalupe

img-nossa-senhora-de-guadalupe

Em julho de 1952 o Prefeito Municipal de Curitiba Dr. Erasto Gaertner concede ao Arcebispado de Curitiba parte da Praça Senador Correa para a construção de um templo dedicado à Nossa Senhora de Guadalupe como parte da comemoração do 1º centenário de Emancipação Política do Paraná.

Após 3 anos, tomou posse o 1º pároco, Cônego Bernardo José Krasinski sendo considerada a 19º Paróquia de Curitiba. Já em 2006, com a chegada do Pe. Reginaldo Manzotti teve início o “Projeto Evangelizar é Preciso”, onde foram adquiridas duas emissoras de rádio e dois canais de televisão e a transmissão da missa dominical pela televisão E-Paraná Comunicação (Hoje TV Paraná Turismo, canal 9).

Em 2012, a paróquia foi elevada à condição de santuário, com a emocionante celebração eucarística presidida pelo Arcebispo Metropolitano de Curitiba, Dom Moacyr José Vitti, assistida por milhares de fiéis.

Desde então, o Santuário acolhe milhares de fiéis todos os anos.

Missas:
De segunda à sexta: 7h30 e 12h
Sábado: 12h e 18h
Domingo: 9h, 11h e 18h

Demais atividades:
Terça-feira:  11h15 – Terço das Santas Chagas
Quarta-feira: 11h – Momento com Maria às 11h
Quinta-feira: 11h – Exposição e adoração ao Santíssimo | 17h45 – Santa Missa | 19h – Adoração ao Santíssimo Sacramento

Confissões:
3ª e 5ª feiras das 13h30 às 16h30

Endereço: Praça Senador Correia, 128 – Centro, Curitiba – PR (em frente ao Terminal do Guadalupe)

Informações: (41) 3233-4884

2. Santuário Nossa Senhora do Carmo

carmo

A primeira capela destinada à devoção a Nossa Senhora do Carmo, foi construída em 1941. No dia 15 de agosto de 1954, o então Arcebispo de Curitiba dom Manoel da Silveira D’Elboux realizou a inauguração da nova paróquia do bairro, dedicada a Nossa Senhora do Carmo e deu posse ao seu primeiro pároco, frei Eugênio Goseling, carmelita. O primeiro pároco arquidiocesano foi o padre Simão Kalinowski, atuando na paróquia de 1959 até 1964. Uma nova Igreja Matriz começou a ser projetada em 1960.

Em 1964, o padre Amálio Jonkoski assumiu a Paróquia do Carmo, fundou um posto de assistência às crianças pobres da região e implantou as Comunidades Eclesiais de Base (CEB’s), além de criar a Associação das Senhoras da Caridade.

No ano de 2001, por ocasião da celebração dos 750 anos da entrega Escapulário, uma série de comemorações foram realizadas e no dia 14 de outubro, durante a celebração Eucarística, o então Arcebispo de Curitiba dom Pedro Fedalto leu o decreto de elevação da paróquia em Santuário.

A obra de evangelização no Santuário de Nossa Senhora do Carmo tem acontecido através de várias ações como o dia devocional a Nossa Senhora do Carmo, às quartas-feiras, com a novena perpétua, por onde passam mais de 12 mil fiéis; confissões; missa diária; caridade; animação missionária; visita a idosos e enfermos; jornal mensal, mídias digitais e TV Escapulário.

Missas:
Segunda a sexta: 19h
Sábado: 16h e 19h
Domingo: 8h, 10h, 12h, 17h30 e 19h30.

Novenas:
Quarta-feira – 07h, 09h, 10h, 12h, 14h, 15h, 17h, 18h, 19h e 20h;

Cerco de Jericó:
Sexta-feira – 19h

Confissões:
Toda quarta-feira entre os horários das novenas ou por meio de agendamento na secretaria paroquial

Endereço: Avenida Marechal Floriano Peixoto, 8520 – Boqueirão, Curitiba-PR

Informações: Whatsapp (41) 3276-1936

 

3. Santuário Diocesano Nossa Senhora de Lourdes – Campo Comprido

img-nossa-senhora-de-lourdes-campo-comprido-768x1024

Tudo começou com a chegada dos imigrantes italianos, católicos de fé que trouxeram seus costumes e tradições religiosas para o bairro. A união e o trabalho dos colonos fizeram surgir a comunidade paroquial e a igreja no centro do bairro.

A construção da primeira capela de madeira foi em 1887, consagrada a Nossa Senhora da Candelária, mais tarde transformada em casa paroquial. Logo com o progresso e o crescimento da comunidade foi necessária uma igreja maior.

Em 1907, no Jubileu de Ouro (50 anos) das aparições de Nossa Senhora em Lourdes, o bispo da época, dom Duarte Leopoldo e Silva, decretou a mudança do nome de Nossa Senhora da Candelária para Nossa Senhora de Lourdes.

Já em 25 de abril de 1962, dom Manoel da Silveira D’Alboux, criou a Paróquia Nossa Senhora de Lourdes – Campo Comprido. Padre Irio Dalla Costa (falecido) foi o primeiro pároco.

Desde a sua construção, a igreja de Campo Comprido sempre foi o centro da comunidade e tornou-se uma referência do bairro. O prédio centenário faz parte do patrimônio histórico de Curitiba. A igreja foi restaurada em 2004 para a festa do centenário e para registrar a data, o arcebispo Dom Moacyr José Vitti (de saudosa memória), elevou a paróquia à categoria de Santuário Diocesano Nossa Senhora de Lourdes, dedicada ao acolhimento e atendimento de enfermos e peregrinos.

Na praça paroquial, foi construído o memorial do centenário com recursos e apoio das famílias. Os fatos da história estão gravados em painéis de azulejo contando aos visitantes a origem desta comunidade de fé que ainda hoje mantém a Igreja do Campo Comprido a serviço dos enfermos, com missas, novenas e celebrações dedicadas aos doentes, seus familiares e aqueles que sofrem alguma enfermidade ou precisam de apoio espiritual.

Missas:
Segunda-feira: 18h (Missa e Novena pelas Almas)
Terça-feira: 19h (Missa pelas famílias)
Quarta-feira: 7h, 15h e 19h (Missa e Novena Nossa Senhora de Lourdes)
Quinta-feira: 19h (Missa de Louvor e Adoração)
Sexta-feira: 14h30 (Novena do Sagrado Coração de Jesus) | 15h Missa do Apostolado da Oração
Sábado: 16h
Domingo: 8h, 10h, 11h30 e 18h
*Todo dia 11 de cada mês: Oração das Mil Ave-Marias com Adoração ao Santíssimo Sacramento.

Endereço: Rua Eduardo Sprada, 3640, Campo Comprido – Curitiba/PR

Informações: (41) 3373-2725

 

4. Santuário Nossa Senhora de Fátima – Tarumã

whatsapp-image-2022-04-07-at-10-59-58-1024x662

A Paróquia Nossa Senhora de Fátima, no bairro Tarumã, em Curitiba, foi fundada em 1954, por dom Manoel da Silveira D’ Elboux, na época arcebispo da cidade.

Seus primeiros párocos foram os sacerdotes da Pia Sociedade de São Francisco Xavier, ou Padres Xaverianos, sucedidos depois pelos padres diocesanos.

Em 1979, foi inaugurada a igreja definitiva, sagrada por dom Antonio Ribeiro, Cardeal Patriarca de Lisboa. Na mesma data, a Igreja de Nossa Senhora de Fátima foi elevada a Santuário por decreto de dom Pedro Fedalto, Arcebispo de Curitiba.

Domingos:
Missa: 8h | 10h | 19h – *3º Domingo do mês – Batizados após missa das 10h

Segundas:
15h* -1ª Seg. do Mês: Cenáculo Movimento Sacerdotal Mariano
19h – Santa Missa
19h30* – 1ª Segundas do Mês: Terço dos Homens

Terças:
12h-Terço no monumento do Imaculado Coração de Maria, na Praça Cova da Iria.
19h – Missa na Capela das Almas Jesus Bom Pastor em intenção dos falecidos ali sepultados.

Quartas:
7h30 | 15h30 | 19h30 – Missa e Novena a Nossa Senhora de Fátima. No final da missa benção individual com as relíquias dos Santos Pastorinhos Francisco e Jacinta Marto e imposição das mãos do Sacerdote.

Quintas:
7h30-Santa Missa
19h-Santa Missa com novena em louvor a São Pio de Pietrelcina seguida de Benção com o Santíssimo Sacramento

Sextas:
7h30 – Santa Missa
15h – Terço e Novena da Divina Misericórdia
19h – Santa Missa com novena da Divina Misericórdia

Sábados:
11h – Missa em desagravo ao Imaculado Coração de Maria
12h – Terço monumento na Praça Cova da Iria
17h – Cenáculo com Maria – Movimento Sacerdotal Mariano

Dia 13 de cada mês:
6h – Procissão Penitência
6h50 – Santa Missa
12h – Terço no Monumento Cova da Iria
14h30 – Terço no Santuário
15h – Missa e benção aos enfermos
19h – Santa Missa

Endereço: Praça Cova da Iria, nº 3 – Tarumã – Curitiba/PR

Informações: (41) 3266-5384

 

5. Santuário Nossa Senhora do Perpétuo Socorro

 

Conta do Santuário no Instagram foi invadida no fim de semana (Foto: Renata Aquino)
Crédito: Renata Aquino

O Santuário Nossa Senhora do Perpétuo Socorro é uma das principais e mais tradicionais referências da Igreja Católica de Curitiba e Região Metropolitana (RMC), reunindo também fiéis e devotos de municípios do interior do Paraná e de outros estados. O templo católico ganhou notoriedade com as novenas a Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, realizadas todas as quartas-feiras.

A devoção teve início em 1960, na Capela da Glória – Avenida João Gualberto –, com a chegada dos Missionários Redentoristas a Curitiba. A grande procura da prática espiritual motivou a construção de uma igreja maior. Com a inauguração do Santuário, em 1969, as celebrações passaram a ser realizadas na Praça Portugal, situada no bairro Alto da Glória.

A novena rapidamente “contagiou” curitibanos e moradores de toda a Região Metropolitana. Hoje, ela pode ser considerada patrimônio cultural de Curitiba, atraindo aproximadamente 2 milhões de pessoas anualmente ao Santuário.

Aos domingos, a movimentação de fiéis também é grande durante os dez horários de missas oferecidos. Assim, hoje já são mais de 150 mil pessoas por mês que participam das celebrações.

O Santuário está sob a coordenação dos Missionários Redentoristas, que expandiram o trabalho também para a internet, com as transmissões pela TV Web Perpétuo Socorro (canal do YouTube e Facebook); através do site www.perpetuosocorro.org.br e do Instagram, além de divulgar os principais acontecimentos mensalmente na Revista Perpétuo Socorro (pertencente à congregação).

O atendimento e acolhimento às pessoas que procuram o Santuário é prioridade: meia hora antes de todas as missas e nas quartas-feiras e domingos praticamente o dia todo, os padres atendem confissões e aconselhamentos. Atendimentos psicológicos, jurídicos, de fonoaudiologia, entre outros, também são prestados gratuitamente no Centro Redentorista Santo Afonso, um espaço de atendimento à população e uso das pastorais.

Missas:
Domingo: 8h, 9h, 10h, 11h, 12h, 14h, 15h, 17h, 18h e 19h30
Segunda, terça, sexta e sábado: 7h, 12h, 15h e 19h30
Quarta-feira (missa e novena): 7h, 12h e 12h
Quinta-feira – 7h, 9h, 12h, 15h e 19h30

Novenas:
Quarta-feira: 6h às 22h (de hora em hora)

Confissões:
30 minutos antes das celebrações (Exceto na missa das 7h)
Quarta-feira: 6h às 21h
Domingo – 8h às 20h

Endereço: Praça Portugal, s/n – Alto da Glória, Curitiba/PR

Informações: (41) 3253-2031

 

6. Santuário Nossa Senhora de Lourdes – Jardim Botânico

santuario-nossa-senhora-de-lourdes-jardim-botanico

Em dezembro de 1958, quando o então arcebispo metropolitano de Curitiba dom Manoel da Silveira D´Elboux criou a Paróquia Nossa Senhora de Lourdes, desmembrada das paróquias Imaculado Coração de Maria, Nossa Senhora do Rocio e Cristo Rei, confiando-a aos Padres Estigmatinos chegados a Curitiba em 1957.

Aos poucos, a paróquia se solidificava e cerca de 130 famílias que formavam a comunidade se mobilizaram para a construção do templo. Edificou-se então uma pequena igreja de madeira inaugurada em setembro de 1961 pelo arcebispo Dom Manoel da Silveira D´Elboux.

Os primeiros movimentos paroquiais – Associação das Senhoras de Caridade de São Vicente de Paulo, Filhas de Maria, Legião de Maria, Apostolado da Oração e Capelinhas –  tiveram grande influência na consolidação da nova paróquia e juntamente com os padres, prestavam atendimento ao Albergue São João Batista, Abrigo Santa Clara, Hospital da Polícia Militar. Carentes da comunidade eram atendidos em um centro social e posto de saúde instalado no salão paroquial.

Com o passar do tempo, surge uma comunidade ativa e participante e as instalações físicas já não atendia as necessidades da paróquia, com isso foi necessário construir uma nova igreja. O novo templo, foi construído com uma simbologia própria, voltada primordialmente à evangelização e cheia de significados para a comunidade.

Em 2012, na Festa de Nossa Senhora de Lourdes, em missa solene presidida pelo pároco Pe. José Nobre Aguiar, CSS, e por determinação da Arquidiocese de Curitiba, a Paróquia Nossa Senhora de Lourdes foi elevada a dignidade de Santuário Nossa Senhora de Lourdes.

Missas:
Quarta: 19h (seguida da Novena de Nossa Senhora de Lourdes)
Quinta: 15h
Sexta: 19h
Sábado: 18h
Domingo: 9h e 19h

Confissões: *O horário deve ser agendado na secretaria
Quartas-feiras: a partir das 9h
Sextas-feiras: a partir das 14h

Endereço: Praça Itália, 183 – Jardim Botânico – Curitiba – PR

Informações: (41) 3262-2774

 

7. Santuário Nossa Senhora de Salette

santuario-salette

Em carta de 26 de dezembro de 1956, enviada ao Superior Provincial, o Pe. Luiz Biesek MS descreve a audiência que obtivera junto ao Arcebispo Metropolitano, D. Manoel da Silveira D´Elboux, sobre a ideia de organizar em Curitiba um centro para a administração, impressão e expedição de “O Mensageiro de Nossa Senhora da Salette”.

Na Província, havia um desejo forte de se erigir um Seminário Maior próprio. Do bairro Bacacheri fazia parte a Vila América, pouco povoada. Nesta região, a Mitra tinha um grande terreno sobre o qual havia os fundamentos em tijolo para uma Capela de madeira em construção.

A questão foi levada ao Conselho Provincial que decidiu enviar a Curitiba o Pe. João Neurkirchen MS para assumir a obra e dar andamento à organização da Paróquia desejada pela Igreja Local de Curitiba. Em dezembro de 1957, Dom Manuel assinou o decreto criando a Paróquia sob o título de Nossa Senhora da Salette e Santa Rosa de Lima. Após 15 dias do mesmo mês, Pe. João foi empossado como Pároco da nova Paróquia.

 Com o apoio da comunidade, Pe. João empenhou-se junto aos poderes públicos para a obtenção de luz, água para o bairro e a criação de uma escola, a Escola Paroquial Nossa Senhora da Salette. Anos depois, a escola foi repassada ao controle e propriedade do Estado.

A atual igreja foi obra do Pe. Ilídio da Silva Machado, substituindo a provisória construída pelo Pe. João. A partir de 1990, Pe. Pedro Sbalchiero Neto MS acentuou a dimensão saletina na Paróquia. O Pe. Anacleto Ortigara deu uma tônica bíblica e celebrativa à vida paroquial e procedeu algumas reformas no prédio da antiga Igreja e nos 150 anos da Aparição, ele construiu um pequeno oratório para contemplação e encontro com Nossa Senhora da Salette, à entrada do pátio. Em 2007, no jubileu da Paróquia, o sr. Arcebispo de Curitiba, D. Moacyr José Vitti elevou a Paróquia a Santuário Arquidiocesano, Santuário da Reconciliação.

Missas:
Segunda, quarta e sexta-feira: 16h30
Quinta-feira: 19h (Missa com bênção do Santíssimo)
Sábado: 18h
Domingo: 9h, 11h e 19h

Confissões:
Necessário agendamento na secretaria do Santuário

Endereço: Rua Lange de Morretes, 691 – Jardim Social, Curitiba/PR

Informações: (41) 3256-3625 | Whatsapp (41) 99684-4578

 

8. Santuário de Schoenstatt Tabor Magnificat

alem-mais-curitiba-20

Com uma capelinha emoldurada por araucárias e um jardim sempre bem cuidado, o Santuário de Schoenstatt é refúgio de tranquilidade na capital.

O nome pode parecer complicado, mas o propósito do Movimento Apostólico de Schoenstatt é muito simples: “viver a santidade na vida diária”.

A pequena capelinha é coberta pelos ramos de uma trepadeira faz companhia às araucárias curitibanas. Desde que foi instalada ali, em 1985, a movimentação de visitantes é intensa mesmo durante a semana. Dentro da capela cabem pouco mais de 40 pessoas. Mesmo assim, os peregrinos vão e vêm ao longo do dia, rezando por alguns minutos do lado de dentro e aproveitando a paisagem do lado de fora.

Para muitas pessoas o lugar é tido como acolhedor, como a casa da mãe de Deus, um lugar bem familiar, onde as pessoas se sentem bem.

O movimento foi fundado em outubro de 1914, logo depois do início da Primeira Guerra Mundial, o Movimento de Schoenstatt tem como pai o padre Josef Kentenich. Em Schoenstatt, na Alemanha, está a primeira capela. Todas as outras espalhadas pelo mundo – são 23 só no Brasil – são iguais à original alemã.

No entanto, em Curitiba, a construção com ares alemães ganhou um jardim bem brasileiro, com araucárias, azaleias, beijinhos, cravos e outras flores muito conhecidas do lado de cá do Atlântico.

Missas:
Segunda a sexta-feira: 17h
Sábados: 16h
Domingos: 11h e 16h

Horário de funcionamento: Todos os dias das 7h30 às 18h30

Endereço: Rua Padre José Kentenich, 552 – Campo Comprido – Curitiba/PR

Informações: (41) 3279-1391

 

9. Santuário Nossa Senhora do Sagrado Coração – Igreja Preta

igreja-preta-2

Este Santuário possui um apelido muito curioso que surgiu há muito tempo… Ela é conhecida como “Igreja Preta”.

A construção da primeira igreja foi em 1952 e, por ser de madeira, foi pintada com óleo queimado para conservá-la dos cupins.

Com o passar dos anos, a madeira escureceu e os fiéis passaram a chamá-la desta forma. O termo ficou tão popular que mesmo com a construção da nova igreja, em 2010, a comunidades mantém o “apelido” até hoje.

A imagem de Nossa Senhora que está na frente da igreja é preta porque, por ser de bronze, escureceu com o tempo.

Em março de 2012, através de um decreto realizado por Dom Moacyr Jose Vitti ela foi elevada a Santuário.

Missas:
Todos os dias às 19h
Domingo: 08h, 10h e 19h

Novenas com missa:
Quartas-feiras: 15h e 19h

Endereço: Rua Nicola Pellanda, 545 – Pinheirinho

Informações: (41) 3349-1819 | Whatsapp: (41) 99259-1436

10. Santuário Nossa Senhora do Equilíbrio

nossa-senhora-do-equilibrio

Primeira igreja do mundo dedicada a Nossa Senhora do Equilíbrio. Idealizada por dom Pedro Fedalto e pela irmã Aquilina Caon, SF, foi inaugurada e elevada a Santuário por dom Moacyr José Vitti, CSS, a 11 de dezembro de 2005.

Fica ao lado do Seminário São José e recebe frequentemente grupos de oração – principalmente da Renovação Carismática Católica (RCC) – e visitantes de todo o Brasil.

Com um lindo bosque e ampla área de natureza, o local é um convite à oração e meditação da Palavra de Deus.

Há 12 anos, o Santuário está sob os cuidados da Comunidade Santa Cruz e muitas melhorias aconteceram durante este tempo: a estrutura foi ampliada com palco, mesa de som, TVs sincronizadas e equipamento para transmissões e gravações. Também houve melhorias na loja da livraria, lanchonete, revitalização do bosque e criação de estúdios e salas para missões.

O Santuário funciona diariamente com atendimento e aconselhamento espiritual pelo diácono Lásaro Miranda e membros da Comunidade Santa Cruz. As missas são geralmente celebradas pelo Monsenhor Francisco Fabris. A divulgação dos eventos é feita pelo Instagram @comusantacruz.

Nossa Senhora do Equilíbrio

A devoção a Nossa Senhora do Equilíbrio, ainda pouco conhecida, surgiu em 1967, quando um monge da abadia de Fattochie, em Roma, rezava e a palavra “equilíbrio” vinha à sua mente de forma obsessiva. Quando terminou sua oração, foi ao sótão colocar umas coisas em ordem quando, de repente, caiu uma tábua com uma chapa metálica com o relevo de uma mulher orando.

Assim que a viu, ele exclamou: Santa Maria do Equilíbrio. Ele entregou ao monge Armando Paniello, que a reproduziu numa estampa com um vestido amarelo e longo, um véu azul da cabeça aos pés, braços e mãos estendidas verticalmente até o colo, pés descalços, numa posição de espiritual equilíbrio.

Em setembro de 1968, Dom Antonio solicitou uma audiência com o Papa Paulo VI que, ao ver a imagem, exclamou: “Santa Maria do Equilíbrio! Ah, é justamente dela que se precisa!” Ao perguntá-lo qual seria o dia de sua festa, o Santo Padre respondeu que não deveria haver uma data para festejá-la pois ela deveria ser invocada da manhã à noite.

Comunidade Santa Cruz em missão no Santuário Nossa Senhora do Equilíbrio

Segunda-feira
Missão Mulheres de Milagres – Às 20h
Formação Reconstrói a minha Igreja – Às 20h

Terça-feira
Formação e Oração Comunitárias – Às 20h
Postulantes, Discípulos I e II e Compromissados

Quarta-feira
Missão Cenáculo com Maria – Às 20h

Quinta-feira
Celebração – Às 7:30
Adoração Eucarística – Das 8h às 19:30
Grupo de Oração – Às 20h
Grupo de Jovens Filhos da Cruz – Às 20h

Sábado e Domingo – Missa às 17h
Equipe de música e liturgia da Comunidade Santa Cruz

Sábado – Ação Social
Durante os sábados são promovidos eventos de doações de roupas e alimentos para as famílias necessitadas da região

Endereço: Rua Amadeu Piotto, 590 – Orleans

Informações:  (41) 3121-6634

__

Por

Setor de Comunicação da Arquidiocese de Curitiba