Formações sobre a Campanha da Fraternidade 2020 contam com assessoria de padre da Arquidiocese de Curitiba

O Padre Danilo Vitor Pena, coordenador da Dimensão Social da Arquidiocese de Curitiba, tem realizado assessoria em eventos de capacitação de lideranças para a Campanha da Fraternidade 2020 em dioceses diversas do Brasil.

Padre Danilo na formação do CNBB Sul 4. Foto Franklin Machado
Padre Danilo na formação do CNBB Sul 4. Foto Franklin Machado

O padre participou em 2019 do Seminário Nacional da Campanha, em Brasília, conduzido por Dom Joaquim Mol, Dom Ricardo Hoepers e Padre Patricky Samuel Batista, secretário executivo das Campanhas da CNBB. Na sequência, assessorou os seminários regionais da CNBB Sul I (São Paulo), Sul II (Paraná) e Sul IV (Santa Catarina). Colaborou neste ano de 2020 já em paróquias da Arquidiocese de Uberaba (MG), na Arquidiocese de Londrina(PR) e estará nos próximos dias na Diocese de Caçador (SC), na Diocese de Apucarana e na diocese de São José dos Campos (SP), além de encontros em universidades e escolas.

“Minha colaboração se dá com entusiasmo missionário e acreditando no grande potencial sócio transformador da Campanha da Fraternidade”, comenta padre Danilo. Apresentando o teor do texto-base da CF, o padre tem destacado a necessidade do cuidado com o próximo como pista pastoral de trabalho, ressaltando a necessidade de um trabalho pastoral com vivência de fé, maduro, que se torne presença, que leve as pessoas a experiências de proximidade. “Não podemos levar apenas uma sopa noturna para quem vive nas ruas e, no dia seguinte, fazer como quem não conhece seu rosto”, provocou o Padre Danilo, fazendo referência à ‘Revolução do Cuidado’ que o texto-base da CF  propõe neste ano.

Seminário da CNBB Sul 2. Foto: Pe. Valdecir Badzinski
Seminário da CNBB Sul 2. Foto: Pe. Valdecir Badzinski

Com o tema “Fraternidade e Vida: Dom e Compromisso” e lema “Viu, sentiu compaixão e cuidou dele” (Lc 10,33-34), a Campanha da Fraternidade de 2020 busca conscientizar, à luz da palavra de Deus, para o sentido da vida como dom e compromisso, que se traduz em relações de mútuo cuidado entre as pessoas, na família, na comunidade e no planeta.

Para o Padre, tem sido muito boa a participação das lideranças da Igreja que serão multiplicadoras do texto-base da Campanha da Fraternidade: “Tivemos momentos ricos de capacitação, com inspiração pela visão samaritana de uma Igreja que olha, que cuida e se propõe a ressignificar a proposta de uma Igreja em saída e vai ao encontro dos mais vulnerabilizados”, como declarou após o encontro do Regional Sul II da CNBB.

Os encontros de capacitação de lideranças antes da abertura da Campanha da Fraternidade contribuem para dar direção para que o texto-base seja desdobrado junto às estruturas pastorais de cada Igreja local,  “em especial, às pastorais sociais”, complementa o assessor. A abertura oficial da CF 2020 é na quarta-feira de cinzas, neste ano em 26 de fevereiro.

Em Curitiba, será realizado também um Seminário de formação sobre a Campanha da Fraternidade, voltado para lideranças que possam multiplicar o tema em seus grupos. Será no dia 10 de fevereiro, às 19h, no auditório da TV Evangelizar – em frente ao Terminal Guadalupe.
Saiba mais aqui sobre o Seminário e garanta sua inscrição.

Curta Nosso Facebook
Comissões Pastorais

Boletim Informativo