Centenas de moradores da Vila Torres fazem fila para ganhar cesta básica

Centenas de moradores da Vila Torres foram buscar alimentos nesta quarta-feira. (Foto: Movimento Vila Torres)
Centenas de moradores da Vila Torres foram buscar alimentos nesta quarta-feira. (Foto: Movimento Vila Torres)

Líderes do Movimento SOS Vila Torres iniciaram nesta quarta-feira, 24 de fevereiro, mais uma rodada de distribuição de alimentos e produtos de higiene para moradores cadastrados da região, que é uma das mais pobres de Curitiba. Com o fim do auxílio emergencial, a situação da maioria das famílias que moram ali ficou ainda mais preocupante e muitos estão passando dificuldades.

A entrega de alimentos para as famílias cadastradas prossegue até quinta, dia 25. (Foto: Movimento Vila Torres)
A entrega de alimentos para as famílias cadastradas prossegue até quinta, dia 25. (Foto: Movimento Vila Torres)

O Movimento começou em março de 2020, já no início da pandemia, quando o padre redentorista Joaquim Parron se uniu a outros religiosos que atuam na região, para ajudar os necessitados, principalmente catadores de materiais reciclados, que ficaram sem trabalho. No início, o movimento atendia a cerca de 600 famílias, mas hoje o número chega a mais de 1000.
O Movimento apela à solidariedade do curitibano, pois precisa de muitas doações. “A situação está realmente dramática”, afirma o padre Joaquim Parron, redentorista que é um dos coordenadores do movimento, ao lado de outros religiosos que atuam no bairro.
As doações podem ser feitas diretamente na Capela Nossa Senhora Aparecida – Rua Guabirotuba, 770, na Vila Torres, onde será feita a distribuição aos necessitados.
SERVIÇO:
– Doações de alimentos e produtos de higiene podem ser feitos diretamente na
Capela Nossa Senhora Aparecida – Rua Guabirotuba, 770, Vila Torres

Curta Nosso Facebook
Comissões Pastorais

Boletim Informativo