Abertura da fase diocesana do Sínodo dos Bispos na Igreja do Paraná

(extraído de http://cnbbs2.org.br)

No dia 10 de outubro, o Papa Francisco celebrou uma missa na Basílica Vaticana, que marcou o início do caminho sinodal, que culminará em Roma, daqui dois anos, com o Sínodo dos Bispos, sobre a sinodalidade, cujo tema é “Por uma Igreja sinodal: comunhão, participação e missão”.

Neste final de semana, nas arquidioceses, dioceses, metropolia e eparquia ucraniana no Paraná, assim como em todo o mundo, aconteceu a abertura da fase Diocesana do Sínodo, que deve se desenvolver até março de 2022. A segunda fase será a Continental, prevista para acontecer de setembro de 2022 a outubro de 2023, quando se realizará a fase da Igreja Universal, que reunirá os bispos de todo o mundo com o Papa, em Roma.

O objetivo dessa fase diocesana é promover uma consulta ao povo de Deus sobre o tema da assembleia dos Sínodo. A partir de agora, todas as paróquias, com suas comunidades, em todo o mundo, devem iniciar o processo de escuta de seus fiéis.

A Pascom da Arquidiocese de Cascavel produziu alguns posts para as redes sociais, com os quais explica, de forma breve e objetiva, o que é o sínodo e como ele vai acontecer. Confira.


Abertura do Sínodo nas Arqui/Dioceses do Paraná

A abertura da fase diocesana do Sínodo dos Bispos marcou o final de semana na Igreja no Paraná. Missas, em nível diocesano, foram presididas pelos arcebispos e bispos, assim como pelos párocos em todas as paróquias. Além das celebrações, foram realizados momentos formativos com as lideranças diocesanas.

A arquidiocese de Curitiba (PR) enviou a todas as suas paróquias um breve subsídio com orientações para seguirem nas celebrações do domingo, 17 de outubro. O subsídio contém o comentário inicial, as preces da comunidade e a Oração do Sínodo. Nas preces da comunidade, o subsídio salienta orações para que os pastores da Igreja busquem o exemplo de Cristo, procurando cada vez mais servir as suas comunidades, além de pedir que os que sofrem pelas adversidades da vida possam encontrar nos cristãos a esperança e o auxílio solidário no momento oportuno, entre outras preces. Clique aqui  para acessar o subsídio.

A diocese de São José dos Pinhais realizou no domingo, 17 de outubro, uma missa de abertura na Catedral São José, presidida pelo bispo diocesano, Dom Celso Antônio Marchiori. Devido às restrições da pandemia, foram convidados para essa missa um representante de cada paróquia e representantes das Pastorais e Movimentos. Antes da celebração, foi realizado um momento de reflexão sobre a caminhada sinodal e, em seguida, todos seguiram em caminhada até a Catedral. Na celebração, que foi transmitida pelas redes sociais da diocese, foi entregue um símbolo para cada representante paroquial. Este símbolo será usado em todas as reuniões paroquiais durante o processo de escuta.

Na diocese de Guarapuava, o bispo diocesano, Dom Amilton Manoel da Silva, presidiu a missa de abertura no domingo, 17, na Catedral Nossa Senhora de Belém. Em sua homilia, Dom Amilton afirmou: “tenho certeza de que estes dois anos de processo sinodal vão causar não só um bem enorme à Igreja, mas também à sociedade. Nós vamos mostrar uns aos outros, enquanto pessoas, cidadãos, que vivem em uma sociedade, que se relacionam em casa, na igreja, no trabalho, na rua, que ninguém está vivendo sozinho. Necessitamos uns dos outros, esbarramos uns nos outros e precisamos uns dos outros naquilo que se tem de humano e de dons que Deus concedeu para que sejam multiplicados”.”.


Abertura do Sínodo na Diocese de Guarapuava (PR)

Na diocese de Palmas-Francisco Beltrão (PR), a abertura aconteceu na missa das 9 horas do domingo, 17. A celebração foi presidida pelo bispo diocesano, Dom Edgar Ertl. Confira a reportagem produzida pela assessoria de comunicação da diocese, sobre esse momento.


Arquidiocese de Maringá (PR)

Na arquidiocese de Maringá, o arcebispo, Dom Severino Clasen, presidiu a missa de abertura na Catedral Nossa Senhora da Glória, às 15 horas. Por causa das restrições da pandemia, a missa foi restrita aos membros do Conselho Arquidiocesano da Ação Evangelizadora (CAAE), padres, diáconos, seminaristas, religiosas e religiosos e representes leigos das 59 paróquias da Arquidiocese. Houve transmissão pela TV Evangelizar, rádio Colmeia FM (98,7) e redes sociais. Confira a entrevista com o padre Genivaldo Ubinge, coordenador diocesano da Ação Evangelizadora.

Na diocese de Campo Mourão, o bispo diocesano, Dom Bruno Elizeu Versari, gravou um vídeo para ser exibido no final de todas as celebrações das paróquias da diocese, no final de semana. No vídeo, o bispo explica como acontecerá o Sínodo e convida todos os diocesanos a participarem do processo. CLIQUE AQUI PARA ASSISTIR.

Na diocese de Paranavaí, a celebração de abertura aconteceu na noite do domingo, 17, com a missa na Catedral Maria Mãe da Igreja, presidida pelo bispo diocesano, Dom Mário Spaki. Em preparação para essa abertura, no sábado, 16, foi realizado um momento formativo em que as lideranças se reuniram em suas paróquias para acompanhar a transmissão da formação. Segundo explicou Dom Mário, “cinco das 34 paróquias não conseguiram se conectar, pois a noite deu forte temporal e estavam sem energia na cidade ou sem Internet. De qualquer forma, das 29 paróquias reunimos 1.190 missionários do Sínodo”.

“A Igreja do Paraná abraçou a proposta do Papa Francisco para fazermos uma caminhada juntos: bispos, padres, religiosos(as), lideranças e todo povo de Deus. O Papa nos deu uma oportunidade para que possamos revisar, rever, replanejar, pensar os rumos da igreja, corrigir as arestas, as falhas, as fragilidades e colocar a Igreja num caminho de salvação, de cuidado e de proteção. Essa é uma oportunidade tão profunda, tão bela, que devemos aproveitar, momento a momento, nesses próximos meses, que compõe a fase diocesana de escuta do ser Igreja entre os fiéis”, afirmou o secretário executivo da CNBB Sul 2, Padre Valdecir Badzinski.

(Karina de Carvalho – Assessora de Comunicação CNBB Sul 2)

Foto de destaque (celebração em Curitiba): Felipe Gusso

Curta Nosso Facebook
Comissões Pastorais

Boletim Informativo