Hoje começa o Tempo da Criação instituído pelo papa Francisco

Hoje, 1º de setembro, é celebrado o Dia Mundial de Oração pelo Cuidado da Criação, estabelecido pelo papa Francisco em 2015.

Com este dia mundial de oração, inicia-se o chamado Tempo da Criação, que se celebra de hoje até o próximo dia 4 de outubro, festa de são Francisco de Assis.

“À mercê dos nossos excessos consumistas, a irmã e mãe terra geme e implora-nos que acabemos com os nossos abusos e a sua destruição”, disse o papa na mensagem para o dia mundial de 2022. Com o tema “Escuta a voz da criação”, a mensagem do papa diz que o Tempo da Criação “é um momento especial para todos os cristãos, a fim de orarmos e cuidarmos, juntos, da nossa casa comum”.

“Inspiração originária do Patriarcado Ecumênico de Constantinopla, este ‘Tempo’ é uma oportunidade para aperfeiçoarmos a nossa ‘conversão ecológica’, uma conversão encorajada por são João Paulo II como resposta à ‘catástrofe ecológica’ pressagiada por são Paulo VI já em 1970″, diz Francisco.

O papa Francisco diz ainda que “se se aprende a escutá-la, notamos uma espécie de dissonância na voz da criação. Por um lado, é um canto doce que louva o nosso amado Criador; por outro, é um grito amargo que se lamenta dos nossos maus-tratos humanos”.

“O canto doce da criação convida-nos a praticar uma ‘espiritualidade ecológica’, atenta à presença de Deus no mundo natural. É um convite a fundar a nossa espiritualidade na ‘consciência amorosa de não estar separado das outras criaturas, mas de formar com os outros seres do universo uma estupenda comunhão universal’”, continua.

O papa Francisco destaca na mensagem a importância das cúpulas climáticas COP27 sobre o clima que serão feitas no Egito em novembro, e COP15 sobre biodiversidade, no Canadá em dezembro.

Francisco disse então que “é impossível não reconhecer a existência duma ‘dívida ecológica’ das nações economicamente mais ricas, que poluíram mais nos últimos dois séculos; isso exige que elas realizem passos mais ambiciosos tanto na COP27 como na COP15”.

“Além duma decidida ação dentro das suas fronteiras, inclui cumprir as suas promessas de apoio financeiro e técnico às nações economicamente mais pobres, que já sofrem o peso maior da crise climática”, continua.

Na audiência geral de ontem (31), o papa Francisco recordou a celebração do dia de oração e do Tempo da Criação, e encorajou que este “fomente em todos um esforço concreto para cuidar da nossa casa comum”.

O papa Francisco também pediu que as Conferências Episcopais celebrem este dia com várias iniciativas envolvendo padres, religiosos e leigos.

Ele encorajou que esta ocasião também seja um motivo para fortalecer os laços ecumênicos com cristãos de outras confissões.

O papa Francisco em sua encíclica Laudato si’ propôs uma oração pela criação que pode ser encontrada AQUI.

__

FONTE: ACI Digital