Missões é um dos pontos trabalhados na 36ª Assembleia do Povo de Deus em Curitiba

Iniciou na tarde desta sexta-feira (25), a 36ª Assembleia do Povo de Deus, onde participam o episcopado do Regional Sul 2 e demais representantes das Arqui(Dioceses).

Neste ano a Igreja do Brasil renova suas Diretrizes Gerais da Ação Evangelizadora (2015-2019). O Bispo de Paranavaí e Vice Presidente do Regional, dom Geremias Steinmetz, diz que as diretrizes não são totalmente novas, mas são uma continuidade no seu formato e metodologia de 2011 a 2015. “Durante a Assembleia dos Bispos deste ano, percebeu-se a necessidade de adaptar as novas diretrizes aos discursos do Papa Francisco norteadas por dois grandes discursos antológicos: na Jornada Mundial da Juventude e no Evangelii Gaudium, principalmente na questão da missionariedade, onde ele usa expressões como periferia geográfica, periferia existencial, ou até mesmo que não podemos ter medo da missão, da realidade. Dentro das diretrizes, vamos tratar de um problema central que é a Comunidade. A Igreja está perdendo o sentido de Comunidade. Então vem a pergunta: O que é preciso fazer para que possamos recuperar o sentido de Comunidade? Não é possível viver a fé cristã isolada da comunidade, de forma egoísta. Alguns desafios que temos estão no dízimo, na comunicação, no ministério, na iniciação à vida cristã e no trabalho da leitura orante. Trabalhando essas questões poderemos ter uma missionariedade maior e mais forte”.

Representantes das Missões também participam do encontro, onde será lançada oficialmente a Ação “20.000 Bíblias para a África”, local em que o Regional Sul 2 realiza a Missão Católica em Guiné Bissau.

Dom Sérgio Arthur Braschi, Presidente da Comissão Episcopal Pastoral para a Ação Missionária, faz uma avaliação sobre a Arquidiocese estar em Estado Permanente de Missão:

“Ficamos muito felizes por ver a Arquidiocese de Curitiba se antecipando às diretrizes. Queria evocar a figura querida do nosso Dom Moacyr Vitti, pois o sonho dele era uma Igreja missionária, desde as Santas Missões Populares em 2000. Então, com Dom Peruzzo, as missões estão se concretizando. Curitiba está no caminho certo e o nosso Paraná despertando”, elogia.

Hoje também, no período da noite, haverá a organização do calendário 2016 com os CDAEs, coordenadores e assessores das Pastorais, Movimentos e Organismos.

Amanhã, sábado, dom Geremias coordena os trabalhos focando nos pontos da Ação Evangelizadora e tendências pastorais da Igreja do Paraná. Estes trabalhos irão convergir para a aprovação das Diretrizes da Ação Evangelizadora do Regional 2015-2019, o que deverá ocorrer na manhã do domingo (27).

A Assembleia acontece na Casa de Retiros Nossa Senhora do Mossunguê em Curitiba e deverá reunir cerca de 150 pessoas.