A brasileira Isabel Cristina é a nova Beata da Igreja

A serva de Deus Isabel Cristina foi beatificada neste dia 10 de dezembro, em Barbacena (MG). Após o momento do ato penitencial o bispo arquidiocesano Dom Airton realizou a leitura da solicitação feita ao Papa Francisco para inscrever o nome de Isabel Cristina como a mais nova beata da Igreja Católica. Ao encerrar a leitura da solicitação da beatificação foi proclamado um breve histórico de Isabel Cristina, desde sua infância ao seu martírio.

Cerimônia de beatificação de Isabel Cristina
Cerimônia de beatificação de Isabel Cristina

A proclamação da beatificação 

Após ouvir o dicastério para a causa dos santos o Papa Francisco proclama beata a serva de Deus Isabel Cristina.

O Papa Francisco escreve “Nós realizando o desejo do nosso irmão Airton José dos Santos, arcebispo metropolitano de Mariana bem como dos demais irmãos do episcopado, de muitos fiéis e tendo escutado o dicastério para a causa dos santos anuncio que:

Através de nossa autoridade apostólica evidenciamos que a venerável serva de Deus Isabel Cristina, fiel leiga, mártir, alegre testemunha da caridade evangeliza pelos enfermos por amor de Cristo até a efusão do sangue defendeu sua virgindade e dignidade seja invocada de agora em diante com o nome de Beata Isabel Cristina e possa ser celebrada no dia 01º de setembro, dia em que ela nasceu para o céu.”

Após a leitura foi entoado o canto de glória e alegria por esta beatificação, ao entoar o hino obteve-se então a amostra do quadro da beata Isabel Cristina.

Na imagem é possível ver a nova beata segurando com a mão direita os lírios brancos, que são os símbolos de sua pureza e entrega a Deus. Já na mão esquerda que repousa sobre o seu peito tendo em seu dedo indicador o anel terço com a cruz é o sinal da sua fé em Cristo. O jardim ao fundo da imagem possui quinze rosas que demonstram a vida virtuosa na cidade de Barbacena – MG e representa as quinze facadas ao qual recebeu em seu martírio.

:: Quem foi a mártir Isabel Cristina?

A relíquia da Beata Isabel Cristina

A relíquia da nova beata brasileira foi levada até o altar da celebração pelo seu irmão Paulo Roberto, que estava acompanhado de sua esposa, filhos e vinte jovens das diversas paróquias da cidade de Barbacena. A entrada da relíquia foi realizada com o canto do hino da Beata Isabel Cristina que diz:

“Branco lírio de pureza ofereces
A Deus Pai louvor perfeito e verdadeiro (Sl 8,3)
Vais agora, casta virgem, finalmente
Alegrar-te com as bodas do Cordeiro (Ap 19,7)”

Após a entrada da relíquia o Cardeal Raymundo Damasceno realizou o gesto de incensar o relicário e o bispo arquidiocesano Dom Airton manifestou sua gratidão por este momento tão importante para a Arquidiocese de Mariana.

__

Por

Marília Siqueira – Vatican News