Semana Nacional da Família

De 13 a 18 de agosto a Igreja celebra a Semana Nacional da Família. Em todas as comunidades estão programados momentos de oração, reflexão e também confraternização.

Na Arquidiocese de Curitiba a data inicia com a Santa Missa de Abertura da Semana Nacional da Família, celebrada por Dom Reginei Modolo, Bispo auxiliar de Curitiba e também membro da Comissão para a Vida e a Família da CNBB. Será no Santuário Nossa Senhora de Guadalupe no domingo, dia 13, às 11h, com transmissão pela TV Evangelizar.

whatsapp-image-2023-08-10-at-09-13-27

Confira abaixo a Carta redigida por Dom Ricardo Hoepers sobre a importância desta data.

 

Tema: Família, fonte de vocações

Lema: Corações ardentes, pés a caminho (Lc 24, 32-33)

É muito bom poder nos encontrar de novo para celebrar a Semana Nacional da Família. A cada ano uma experiência diferente e com muita criatividade vivenciada em nossas comunidades. Como estamos no Ano Vocacional entendemos que a Família é a fonte de todas as vocações. Neste tempo em que vivemos o Sínodo, todos somos chamados à comunhão, participação e missão. No seio familiar, Igreja doméstica, com suas alegrias e tristezas, com seus dons e suas fragilidades, Deus chama as diferentes vocações para servir a Igreja, na multiplicidade de carismas a serviço da missão.

Quanto mais nossas famílias compreenderem a importância de cultivar dentro dos lares os valores cristãos, mais veremos surgir vocações para servir toda a Igreja.

[…]

Com os corações ardentes e os pés a caminho (Lc 24,32-33) nos unimos ao Sínodo e aos frutos do Ano Vocacional, fortalecendo nossas famílias nos vínculos de amor e de fecundidade vocacional. Nunca deixemos de semear, nunca deixemos de falar sobre a alegria de responder sim a Deus, nunca deixemos de ir ao encontro daqueles que precisar ser ajudados no discernimento, nunca esqueçamos de dobrar os joelhos insistindo para que Deus envie operários para sua Messe. Temos esse compromisso ainda maior na Semana Nacional da Família.

Plantemos amor e fé em nossas famílias e Deus irá fazer crescer e frutificar vocações para toda a Igreja.

Dom Ricardo Hoepers
Ex-presidente da Comissão Episcopal para a Vida e a Família da CNBB

 

(Re)descoberta do Dom recebido de Deus

O ano de 2023 foi escolhido para lembrar, celebrar e proporcionar a (re)descoberta do Dom que cada pessoa recebeu como presente de Deus: a vocação. E se existe um lugar privilegiado de valorização e descoberta da vocação, ele se chama família. Por isso, Família, fonte de vocações, é nela que as vocações precisam ser trabalhadas, isto é, cada família deve proporcionar para que seus membros descubram aquele chamado que Deus, no seu infinito amor, colocou no íntimo de cada coração e que é a única possibilidade de vida feliz. Quem não descobre sua vocação não terá um coração alegre e realizado!

Pe. Crispim Guimarães dos Santos
Assessor da Comissão Episcopal Pastoral para a Vida e a Família da CNBB
Secretário Executivo Nacional da Pastoral Familiar

Com informações: Portal Vida & Família